Como os exercícios físicos reduzem a inflamação do corpo

Existem diversas maneiras de combater a inflamação do corpo. Mas, um dos jeitos mais saudáveis de reverter um quadro inflamatório é praticar exercícios físicos.

A inflamação é como o organismo se cura após uma lesão e se protege de infecções. No entanto, a inflamação crônica está ligada todos os tipos de doenças, do diabetes a doenças cardíacas.

Assim, quando você começa a se exercitar e mover seus músculos, as células musculares liberam uma pequena proteína chamada Interleucina 6 – ou IL-6 – que parece desempenhar um papel importante no combate a casos inflamatórios.

O maior fator para determinar a quantidade da proteína liberada pelos músculos é a duração do treino. Por exemplo, após treinar por 30 minutos, os níveis de IL-6 podem aumentar cinco vezes. Contudo, depois de uma maratona, os níveis podem aumentar em 100 vezes.

O que diz o estudo

Um estudo comandado pela Univeridade de Londres, no Reuni Unido, acompanhou 4 mil pessoas de meia-idade durante um período de 10 anos e descobriu que aqueles que se exercitam por duas horas e meia por semana diminuíram a inflamação em 12%.

Outro estudo publicado em 2003 explorou o papel da IL-6 na redução da inflamação. Os pesquisadores injetaram nos participantes uma molécula da bactéria E.coli, que ativa a resposta inflamatória do corpo. Dessa forma, descobriram que quando injetaram essa molécula, houve um aumento de duas a três vezes nos níveis da proteína desencadeadora da inflamação

Dito isso, estes estudos mostram que um único exercício induz um forte efeito anti-inflamatório. No entanto, é necessário mais estudos pois a IL-6 não é o único fator envolvido nos efeitos anti-inflamatórios do exercício e, deve ser usado como parte do tratamento para doenças crônicas.

Leia também: Otimismo pode reduzir inflamação, diz estudo

Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

8 − quatro =