OMS sobe para 300 minutos tempo de atividade física semanal ideal

Os exercícios físicos são necessários para manter a saúde física e mental estáveis. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o tempo de atividade semanal para combater o sedentarismo aumentou. As novas diretrizes globais sobre atividade física e comportamento sedentário foram publicadas no British Journal Of Sports Medicine. Assim, a OMS recomenda que adultos aumentem o tempo de atividades físicas para 300 minutos – até uma hora de exercícios por cinco dias ou 40 minutos por sete dias – ou 150 minutos de atividade física intensa por semana.

A recomendação antiga recomendava pelo menos 150 minutos de atividade física moderada ou 75 minutos de exercícios intensos por semana.

Algumas estimativas globais recentes mostraram que um em cada quatro adultos e 81% dos adolescentes não praticam exercícios físicos o suficiente. 

Ter uma vida sedentária pode trazer diversas patologias, como a insuficiência cardíaca, levando até mesmo a morte precoce. Por isso, se você não tem tempo, busque realizar atividades simples e rápidas, como uma caminhada ou pilates, por exemplo. 

Recomendações das diretrizes por grupo

De acordo com a OMS, as orientações servem para pessoas a partir de cinco anos de idade. 

Crianças e adolescentes (com idade entre 5 e 17 anos)

O ideal para crianças e adolescentes é realizar em média 60 minutos de atividade física com intensidade moderada a alta todos os dias.

Desse modo, os exercícios aeróbicos de alta intensidade podem ser feitos pelo menos três dias por semana.

Adultos (com idade entre 18 e 64 anos)

Já os adultos devem fazer atividade física de intensidade moderada de 150 a 300 minutos ou de intensidade alta de 75 a 150 minutos. 

Além disso, a organização diz que também devem ser realizados exercícios de fortalecimento muscu em dois ou mais dias da semana.

Idosos (65 anos ou mais)

Ao contrário do pensamento de muitos, os idosos devem se exercitar tanto quanto os adultos, para prevenir quedas e lesões relacionadas a fraqueza da saúde óssea. 

Assim, é fundamental que pessoas da terceira idade pratiquem atividades que priorizem o equilíbrio três vezes ou mais por semana. O nível de intensidade deve ser recomendado por um especialista, descartando quaisquer condições que possam prejudicar.

Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

18 − 9 =