Oxandrolona: Para que serve, benefícios e efeitos colaterais

A oxandrolona é um esteróide derivado do hormônio testosterona que possui poder andrógeno e anabolizante, por isso, o suplemento anabolizante vem se tornando cada vez mais popular. Sua produção teve início nos Estados Unidos na década de 1960, quando o medicamento levava o nome de ANAVAR. A princípio, seu principal uso era como parte do tratamento para a hepatite (inflamação no fígado).

Hoje em dia, sua utilização mais comum é como uma forma de suplementação que ajuda na perda de peso, mas principalmente auxilia na hipertrofia, ou seja, facilita o ganho de massa muscular. Basicamente, isso se deve à sua ligação com o hormônio masculino, o qual lhe dá seu efeito anabólico.

Para que serve a oxandrolona

  • Força muscular, pois aumenta a síntese de fosfocreatina (responsável pela energia dos músculos)
  • Síntese de proteínas (importante para a recuperação e crescimento dos músculos)
  • Fortalecimento dos ossos (ajuda a prevenir problemas como a osteoporose)
  • Dificulta o catabolismo (evita a perda da massa magra)

Leia mais: Excesso de proteína na dieta: Possíveis riscos à saúde

Possíveis benefícios de suplementar a oxandrolona

Ganho de massa magra e força muscular

A principal vantagem de a suplementar é o fato de que essa é uma substância que pode ajudar no ganho de massa magra. Não só, ela também aumenta a força dos músculos, pois aumenta seu armazenamento de energia. Sendo assim, isso também melhora a qualidade e o aproveitamento do treino.

O ganho de massa magra é bom para a saúde, pois melhora o equilíbrio, aumenta a densidade dos ossos, ajuda na flexibilidade do corpo e ajuda na queima de gordura.

Leia também: Quanto tempo leva para ganhar massa muscular?

Ossos fortes

Além disso, os ossos também se favorecem da suplementação, pois ela ajuda a garantir que eles continuem fortes e densos. Sendo assim, isso ajuda na prevenção de doenças como, por exemplo, a osteoporose.

Leia mais: Melhores alimentos para a saúde dos ossos

Ajuda no tratamento da síndrome de Turner

Em resumo, a síndrome de Turner é uma condição cuja causa é a ausência de um cromossomo X no organismo de mulheres. Sendo assim, um de seus efeitos mais comuns é a infertilidade. Não só, a síndrome tem como características também o pouco desenvolvimento das mamas. Ainda, a puberdade também sofrer atraso.

Leia também: Estrogênio: Alimentos ricos e seus benefícios

Protege o fígado

Além disso, o medicamento pode ajudar a proteger o fígado, uma vez que ajuda a eliminar a gordura que pode se acumular no órgão.

Leia mais: Alimentos para limpar o fígado

Oxandrolona emagrece?

A princípio, não. Não existem evidências científicas de que suplementação por si só cause o emagrecimento. Porém, por ajudar no ganho de massa magra, ela pode indiretamente ajudar na perda de gordura, pois a hipertrofia facilita a queima de tecido adiposo.

Leia também: Sibutramina para emagrecer: Relatos de quem usou o remédio

Efeitos colaterais, riscos e contraindicação da oxandrolona

A suplementação (que, em geral, se dá na forma de pílulas ou cápsulas) de oxandrolona é polêmica, pois, em mulheres, pode causar efeitos andrógenos. Ou seja, pode provocar o aparecimento de características masculinas no corpo, como, por exemplo, o aparecimento de pelos, engrossamento da voz, bem como a maior oleosidade da pele.

Ainda, outros possíveis efeitos que podem acometer as mulheres são, por exemplo:

  • Desregulação da menstruação;
  • Aumento do apetite;
  • Queda de cabelo e fios mais oleosos;
  • Retenção de líquido;
  • Perda de libido;
  • Aumento do risco de trombose;
  • Mau humor;
  • Diminuição do tamanho dos seios;
  • Aumento do clitóris.

Por fim, a suplementação só é recomendável com se tiver o acompanhamento de um médico.

Leia mais: Sibutramina: Para que serve, como tomar e efeitos colaterais

Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dezesseis + 12 =