Qual o melhor tipo de treino para quem tem doença renal?

Ainda existem muitas dúvidas a respeito do treino para quem possui doença renal. Alguns acreditam que o repouso constante é necessário e que os exercícios podem ser prejudiciais. No entanto, levantar pesos pode proporcionar melhoras significativas na saúde de pessoas com problemas nos rins. 

O que dizem as pesquisas

Foi o que mostrou um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Leicester, na Inglaterra. A pesquisa contou com a participação de 41 pacientes com doença renal crônica. Assim, os indivíduos realizaram exercícios aeróbicos ou treinos que mesclavam estímulos aeróbicos com musculação três vezes na semana durante 12 semanas — todos com supervisão.

Como resultado, houve um aumento significativo de força, massa muscular e aptidão cardiorrespiratória, o que proporcionou uma melhora na qualidade de vida de todos. Contudo, a adição de exercícios de resistência, como o levantamento de peso, levou a um maior aumento na massa muscular (de 5% para 9%) e na força (de 17% para 49%) do que o exercício aeróbico sozinho.

Diversos pacientes relataram que o nível de aptidão física diminuiu após o diagnóstico do problema nos rins. Mas, com os treinos, eles se sentiram mais dispostos.

Quais são os exercícios ideais para quem tem doença renal? 

O treino aeróbico é uma das melhores opções para quem tem doença renal. Isso porque ele ajuda a equilibrar a pressão arterial, o perfil lipídico e a saúde mental dos indivíduos. Além disso, aumenta a força, a flexibilidade e a função muscular — que são prejudicadas pela falta de movimento. 

Portanto, prefira atividades como caminhada, bicicleta e levantamento de peso com cargas leves.

Por fim, lembre-se de realizar exames e conversar com um médico antes de praticar os exercícios. Ademais, é importante ter um acompanhante no caso de quedas ou mal-estar. 

Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

13 − 6 =