Taninos: O que são, para que servem e benefícios

Os taninos são compostos naturais que fazem parte do grupo dos polifenois, que possuem efeito antioxidante e anti-inflamatório. O tanino é comumente encontrado nos vinhos e sua presença impacta diretamente no sabor da bebida. Ou seja, esse é um composto abundante na uva, encontrado em sua casca, semente e nos caules, mas também em outras frutas ricas em fenóis vegetais.

Para que servem e seus benefícios

Os taninos são naturalmente anti-inflamatórios, ou seja, promovem ação antioxidante. Por isso, beneficiam a imunidade, de forma que podem ajudar a prevenir doenças inflamatórias e infecções de diversos tipos. Não só, podem desacelerar o processo de envelhecimento da pele, sendo assim, previnem o envelhecimento precoce, que é resultado de um processo inflamatório conhecido como “estresse oxidativo“, provocado pelos radicais livres.

Ainda, taninos são importantes na fabricação dos vinhos, determinantes para o seu sabor. Por isso, vinhos com maior presença desse composto são chamados de vinhos tânicos e possuem um sabor mais forte e acentuado.

Vinhos assim costumam ser mais secos e podem ser preservados por um período mais longo. Esse tipo de bebida é feita com uvas de casca mais grossa (Cabernet Sauvignon, Tempranillo, Shiraz, entre outras) e que, por isso, contêm maior presença de taninos.

Leia também: Antocianina: Benefícios do antioxidante das frutas vermelhas

Alimentos ricos em taninos

  • Uva, suco integral de uva e vinhos
  • Romã
  • Caqui
  • Maçã
  • Chá preto, chá branco e chá verde
  • Chá azul (oolong)
  • Café
  • Café verde
  • Chocolate amargo
  • Açaí
  • Feijão azuki
  • Frutas secas e oleaginosas
  • Espinafre
  • Ruibarbo

O composto é mais abundantemente encontrado nas cascas e nas sementes dos alimentos.

Leia mais: Quercetina: Conheça o poderoso antioxidante

Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

cinco − 4 =